Sábado, 12 de Fevereiro de 2011

Vanessa nunca imaginará,  voltar à pisar em um lugar como aquele; Um estádio de tourada, Nunca idealizou que estaria sua filha. Oh… Emily estava eufórica, com varias pessoas aglomerada ali, e o falatório e a expectativa de todos, deixava à menina mais estridente. Naquele estádio que mudará tanto desde ultima vez que Vanessa esteve ali. As cadeiras do estádio estavam mais confortáveis, trocaram desde ultima vez. E ali estava ele em um dos enormes pôsteres, seus olhos azuis safira destacavam se dos outros dois, e seus cabelos loiros e  seu rosto não tão liso com a barba que a incomodava,mas mesmo assim a levava as alturas.

— nanay! — Gritou Emily eufórica! — Por que tem uma foto “grandona” do papai ali? — A menina acabará de apontar para o pôster.

— Papai é um dos maiores, toureiros do país!  — Vanessa com calma explicou pra filha!

—Papai Papai! — A menina gritava na folia de tanta conversa.

Estavam todos eufóricos, todos os toureiros tentavam dar o melhor de si, logo viu Jared disputar com touro enorme, Vanessa tinha que admitir que essas eram as melhores touradas, Nesses eles não maltratam o touro nem o tortura até a morte, os touros dali são alugados, a maioria da empresa de Zac que tem um rancho especialmente para a espécie destes animais,onde os touros e os cavalos são bem cuidados. Esses eram alugados, Zac ganhava bilhões por investimento como aqueles.

Depois de todos aqueles homens, logo entrou Zac em seu traje vermelho, que destacava seus músculos, Vanessa sentiu a mesma sensação da primeira vez, aquele homem mexia tanto com ela. Aqueles cabelos loiros bagunçados, tinha imagem nítida em sua memória

—Olha lá “nanay” — a menina apontou e logo voltou a bater palmas com os outros.

— É o papai! — Vanessa estava com Emily no colo para ela poder assistir melhor

Zac estava perfeito, cada movimento cada passo, estava muito bem em seu desempenho, Zac estava magnífico não errou nenhum e não deixou que o touro o atingisse nenhuma vez, Vanessa ficava aflita cada vez que o touro chegava perto do seu amado. Emily estava toda animada batendo palma.

Agora era a hora de saber quem foi os três melhores. Vanessa nem acreditou quando ouviu que Zac estava em segundo lugar, ele mal havia treinado. Ele estava todo exuberante subindo no seu posto. Ouvia mulheres solteiras e casadas, gritando o nome dele e dizendo o quanto ele era bonito.

Todos estavam deixando o estádio, Emily estava eufórica para encontrar o pai. Nem prestaram atenção na multidão

— Vocês vieram! — Exclamou uma voz e fez Vanessa vira-se

—“Ashl” — Exclamou Emily, e as duas riram como a menina tinha pronunciado!

— Vamos nós também estamos indo ao camarim do Jared — O filho de Ashley estava eufórico seu pai havia ficado em quinto lugar.

Ashley passou tranqüilamente Vanessa lembrará da época que tinha o direito de entrar assim, mas agora teria  varias burocracia se não estive-se na companhia da Ashley, só família e pessoas autorizadas poderia passar por ali.

— Acho que o numero do Zac é o 12! — Disse ela entrando na porta numero 09 — Tchau!

Vanessa foi até o numero dito pela Ashley, antes bateu na porta,já estava pensando no que dizer se estivesse no camarim errado

— Pode  entrar! — soou a voz de uma mulher aquela voz era Família

“Alice” ela estava ali no Camarim do Zac, como Zac deu permissão para que ela entra-se. Tinha uma menina de mais o menos Três anos, igual Alice sem duvida só podia ser filha dela. Alice estava com uma roupa extravagante e uma maquiagem super acentuada

— Papai Papai! — Emily gritava eufórica erguendo os braços querendo o colo de seu pai

Zac assim fez levantou e a pegou no colo, esse recebeu muito beijos de sua filha

— Meu Deus o que eu mereci pra ganhar tantos beijos! — falou Zac retribuindo os beijos para filha

— Zac estava perfeito! — Alice parecia incomodada com gesto que Zac tratou Emily estava tentando mudar de assunto. — Nossa Ele tava maravilhoso…

— Eu sei, eu vi! — Vanessa cortou o assunto dela, não deixando ela terminar a frase

Zac percebeu o clima, mas estava apresentado, Emily para a outra menina, Vanessa estava intrigada quem seria e aquela menina

— Vai ter flamenco, Daqui a pouco Zac você vai? — perguntou Alice.

— Não! — respondeu ele para o alivio de Vanessa.

—Ah! —murmurou alicie. — Emanuelly queria tanto que você fosse não é filha

— Filha você quer ver flamenco? — perguntou Zac para Emily

— Qui qui é isso? — Respondeu a menina

— O inglês é tão sem fundamento, o espanhol tem toda uma postura especial! — Murmurou Alicie, tentando afetar o fato de Emily só falar o inglês

— Ela é nova ainda, ela viveu na Inglaterra, você não queria que ela chega-se aqui como uma poliglota?  — Respondeu Vanessa com veemência

—  Então ta já que minha loirinha quer ir, Vamos! — Vanessa nem tinha prestado atenção no que Emily tinha respondido estava ocupada demais tendo ódio de alicie — Mas a mamãe da a palavra final!

— Por favor mamãe! — implorou Emily.

— Hum deixa eu pensar! — Vanessa posse de pensativa! — Esta bem! — Vanessa não resistiu ao rostinho dela que estava tão manhoso

— Eba! — Exclamou a Emily

— Tem certeza que você quer ir morena? —perguntou Zac.

— Eu agüento pra ver meu bebê feliz! — beijou a testa de Emily

— Vamos! — Falou Alicie

— só vou tirar esta roupa! Espere lá fora sim — Falou Zac

Alicie e sua filha saíram, quando Vanessa fez menção de sair com Emily

—Ei, vocês ficam!

— Que bom que vocês vieram! — Zac Falou tirando a blusa deixando seu bíceps exposto.

— Você teve uma torcida e tanto na  platéia, do começo ao fim ela só gritava “papai papai”

— Papai, papai! — Emily repetiu que sua mãe havia falando e os dois riram. — Aquele bicho eia muito feio! — Emily fez careta

— Agora já passou! — Falou Vanessa

— Eu vou tomar um banho e já volto! — Zac entrou em uma porta e as duas ficaram esperando

Foi um alivio quando eles chegaram ao salão onde iria acontecer a apresentação, Emanuelly filha de Alicie era quieta ao contrario de Emily, Emanuelly ficou o tempo todo olhando para janela sem pronunciar nenhuma palavra.

— já vai começar! — Falou Alicie quando todos já estavam sentados em seus lugares, Vanessa não estava entusiasmada mais não era a única, ao contrario de Emily que tava eufórica tudo era novo para ela

Quando apresentação começou Vanessa notou, Emanuelly estava Triste, Vanessa estava do lado dela e percebeu

— tudo bem com você? — perguntou Vanessa que ficou sem resposta! — pode confiar em mim — Vanessa falou com uma voz doce

— eu fiz xixi! — a menina falou envergonhada!

—oh, flor era so pedir eu levaria você ao banheiro! — Vanessa respondeu doce

— Não!

— Você ainda usa frauda? —perguntou Vanessa

Ela assentiu com a cabeça envergonhada

—Ela não usa! — perguntou a menina apontando para Emily!

—Só a noite pra dormir, mas não precisa ficar com vergonha isso é normal, se quiser eu mesma troco a sua frauda eu vou pedir pra sua mãe  uma!

— não! — Ela interferiu quase chorando. — a mama vai briga comigo!

— Na minha bolsa tem umas eu sempre trago caso Emily durma! —Vanessa sorriu! — Vamos!

Emily tava no colo de Zac, Vanessa pegou na mão de Emanuelly

— Nós vamos ao trocador! —  Vanessa sussurrou no ouvido de Zac,levantou e Saiu com Emanuelly

Na volta Emanuelly parecia outra pessoa estava rindo, conversando, mas ao chegar na mesa ficou em silencio parecia que tinha medo de sua mãe.

— O que você foi Fazer com a minha filha! —  perguntou Alicie autoritária

— nada só fomos tomar um ar!

— Da próxima vez, por favor, me avise!

— Mais amor você não foi ao trocador com ela? —Zac perguntou e Vanessa fez uma expressão de que não era pra ele ter contado

— Vanessa ela tem mãe para isso! — Alicie parecia estar ofendida. — E você mocinha venha comigo!

Alicie levantou e Emanuelly Foi atrás de cabeça baixa

— Viu que você fez? — Vanessa o culpou

— Eu? Ela tava certa aquela não era sua obrigação, viu o que acontece se boa samaritana?

—Vamos embora ta acabando e Emily já esta quase dormindo! — Vanessa se levantou e o Zac foram atrás com Emily no estacionamento eles conseguiram ouvir gritos

—Sua inútil não dá para  ficar direito uma vez! — Era voz de alicie gritando e ouvia Emanuelly chorar

—Quero a vovó. — a menina suplicava

Vanessa e Zac correram para onde as duas estavam

— Não precisava bater nela, ela ainda é criança! — interferiu Vanessa perto da menina

— A educação da minha filha, eu não tento educar a sua filha

— Talvez você não planejou,  mas uma criança é uma dádiva divina ela é sua filha!

—  Não eu não planejei, ao contrario de você que tinha tudo nos mínimos detalhes para ficar grávida do Zac.

Vanessa não agüentou tanta calunia e agrediu dando um tapa na face daquela mulher…

 


Gente perdão não vai da pra me responder os comentários é por que eu to indo para casa da minha mãe e o capitulo já ta pronto, eu tenho pouco tempo para postar prometo que no próximo eu respondo beijos.

 

Um desconto please o capitulo da grandinho beijos


publicado por MyaH às 14:39
link do post | comentar | | | favorito

AHHHHHHHHHHHHH!
Bem feito!
Essa vaca mereceu esse tapa,a vane tinha que ter dado mais um monte de tapas nela!
kkkkkkkkkkkkk
O cap ficou maraaa!
Amei!
Posta logo
Bjos amorê
Paula a 17 de Fevereiro de 2011 às 21:14


mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28


blogs SAPO


Universidade de Aveiro