Sexta-feira, 24 de Dezembro de 2010

Feliz Natal...

 

 

 

— Desculpa pelo copo. — Proferiu Vanessa recuando, enquanto Zac vinha em sua direção.

— Esqueça-o, Está casa é mais sua do que minha. — Quando não tinha para onde Vanessa se esquivar, Zac puxou para si e a beijou, Fazendo com que o corpo de Vanessa vibra-se ao sentir o toque dos lábios dele. O ritmo era Avassalador, Zac beijava como um tigre indomado cheios de desejos.  Vanessa, no entanto, essa respondia as caricias de Zac.

— Zac é melhor eu subir. — falou se desvencilhando do beijo.

— Vai tentar fugir de mim, Gatinha. — Falou Zac prensando ela na parede. — Não esqueça que estamos no mesmo Quarto.

Como ela podia esquecer? Se ele abalava seu sono, fazendo ficar acordada a madrugada.

— Zac, Por favor… — Suplicou Vanessa, mas essa logo foi interrompida um sinal de Silencio, Zac começou beijar o pescoço dela.

— Oh, minha Morena. — Ele pegou uma das mãos dela e colocou em seu Tórax, Vanessa pode sentir a batidas do coração de Zac que estava acelerado, assim como a dela, sua respiração profunda e o desejo do corpo dele tocar ao seu.

— Quem estamos querendo enganar? — Segredou Zac em seu ouvido, pegou ela no colo e quando Vanessa ia protesta Zac a beijou. — Psiu, Vai acordar nosso anjinho!

Zac levou como extremo cuidado para o quarto, como se fosse à jóia mais preciosa. O silencio da Madrugada invadia o quarto o luar longe era que eles avistavam, estava tão bonito. E Começaram os beijos cheios de significados, no clímax do momento fizeram algumas juras de amor, Sentia o tórax nu de Zac, e suas mãos acariciava partes do corpo, Fazendo Vanessa delirar de prazer, Nos braços daquele homem, másculo, Vanessa sentia protegida e ainda sim Uma mulher, o Calor dos corpos inundavam o quarto, as caricias cheias de amor e magia. Zac a despiu com carinho ela fez o mesmo o deixando assim como vieram ao mundo, Zac puxou para si com paixão e carinho e uniram eles em um só, um só corpo, Zac era cuidadoso, Vanessa era tão frágil assim como uma porcelana Caríssima, que todo o cuidado é pouco.

— Minha morena. — Zac sussurrou, Vanessa sentiu a boca de Zac tocar em sua pele macia, saciando todo seu desejo fazendo com que eles chegassem ao clímax…

— Eu te amo! — Vanessa falou cheia de amor na Voz e assim caiu sobre ele exausta, esse prontamente a abraçou e acariciou os cabelos negros dela.

— Oh, Princesa eu também te amo! — Zac deu um beijo nos cabelos de Vanessa, mas essa estava muito cansada não teve tempo de raciocinar aquela frase.

Vanessa fora primeira acorda, o céu estava preto as nuvens estavam carregadas, não parecia uma manha muito bonita. Mas mudou o foco e olhou o homem com quem tinha feito amor ontem esse estava dormindo, Vanessa não resistiu e começou a fazer festinhas no cabelo dele.

— Oi minha gatinha! — Falou Zac carinhoso — Vanessa rapidamente tirou as mãos do cabelo dele.

— Vou ver a Emily. — Vanessa se levantou, pegou a camisola que estava no chão e vestiu enquanto Zac assistia sem dizer nada, logo ela saiu do quarto…

Emily estava dormindo como anjo, seu cabelo loiro estava desalinhado no travesseiro, a respiração estava leve, estava com a chupeta na boca algo que era difícil dela larga a noite. Logo ouviu a porta ser empurrada e Zac entrou, ele estava sem camisa, e com uma bermuda azul escura, neste momento Vanessa estava perto da filha fazendo festinha nos cabelos loiros dela.

— Por que você se faz de indiferente ao amanhecer?

Zac se aproximou de Vanessa, e acariciou os cabelos delas.

— Zac chega ta. — Falou ela tirando a mãos deles que naquele momento fazia festinha em seu cabelo.

Zac não se deu por vencido e a puxou para si, seus lábios quase colaram Vanessa sentiu o corpo quente no dele, isso fez sua respiração ficar mais profunda.

— Por que você faz isso comigo? — sussurrou Zac no ouvido dela. — Tudo que você proferiu ontem para mim era mentira?

— Nem lembro que eu te disse! — Mentiu Vanessa, tentando parecer indiferente.

— está bem! — não se conformou Zac. — Vou pensar em outras coisas, como hoje à noite vou me apresentar… — Vanessa o interrompeu

— Mas você nem se concentrou nem treinou. — Vanessa falou trêmula.

— Eu não tive tempo. — falou ele, isso vez Vanessa se sentir culpada achando que por seu comportamento Zac não havia treinado. — mas, eu tenho certeza que estou preparado

Emily neste momento se mexeu e atenção foi voltada para ela, letamente ela foi abrindo os olhos e Vanessa foi até a janela e abriu as cortinas

— Bom dia meu anjo. — Saudou Zac indo perto de Emily.

— Bom dia Papai. — ela disse com os olhos abertos acariciando o rosto de seu pai.

Hoje era a primeira consulta de Emily, Zac lembrará, tudo iria correr bem tinha certeza…

 

 

Obrigado por comentar:

Lary: amiga que bom  você gostou, Zanessa ta junto pode apostar eu acredito no amor !! beijos

Paty: Cada louco  com a sua loucura,talvez a de V seja muito grave separar o Zac dela kkk beijos

Liz: magina amiga, que bom que você comentou neste, ki bom que você gostou beijos

Maryana: que bom que você gostou

Amanda: kkk, Bem vai acontecer isso, daqui a uns dois ou Três capitulo primeiro o Zac Vai encher ela sobre ela te proferido eu te amo…sim eu as escrevo mais não acho tão boas assim. Escrevo por que amo. Acho que você também teria bastante imaginação beijos

Paula: que bom que você gostou beijinhos amiga adoro-te

Thata: espero que goste desculpa a demora beijinhos

Paty: Ele vai ignorá-la daqui a uns dois ou três capítulos, ele vai encher ela por ela ter dito que o amava tadinha da Vanessa agora beijinhos

 

publicado por MyaH às 23:43
link do post | comentar | | | favorito

Myah posta logo aki eu ja to desesperada esse é meu blog preferido seu!!!! bjsss e desculpa a encheção de saco kkkkk
anônimo a 13 de Janeiro de 2011 às 19:27


mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
25

26
27
28
29
30
31


blogs SAPO


Universidade de Aveiro