Sexta-feira, 27 de Agosto de 2010

Ao acorda Vanessa percebeu que adormeceu no colo do Zac. E esse  a Observava

— Bom dia.— proferiu ele

— Bom dia. — Vanessa retornou com um sorriso

— Eu vou procurar um posto de gasolina, fica aqui no carro, ok?

— Será que é muito longe? .— Indagou Vanessa

—não sei.— Proferiu zac abrindo a Porta

— Você Vai demorar muito?

— Zac agora havia percebido que ela estava com medo.

—Quer vir comigo?.—Zac deu um belo sorriso ao disser.

Vanessa só assentiu com a cabeça e desceu do Carro

Zac ligou o alarme do carro.

— Vamos.—Proferiu ele estendendo a mão para Vanessa.

—Vamos.—Ela repetiu mas não tocou na mão dele

Mas Zac então puxou ela pela cintura. Eles foram Andando não demoraram muito e acharam um posto de Gasolina. Zac comprou e trouxe em uma garrafa para colocar em seu carro. Zac ao chegar ao seu carro colocou a gasolina e enfim a partida foi bem sucedida. Vanessa sentou do lado do motorista, e Esse saiu com o Carro.

As ondas do pensamentos de Vanessa estava em sua filha, ela queria saber como ela estava, a saudade a invadia de um certa maneira. Vanessa nunca havia deixado sua filha por tanto tempo sem seus cuidados de mãe. O maximo que ficava longe de sua pequena Emily quando ela estava na escola . Vanessa adorava ficar com a filha que até arrumou um trabalho compatível com a Escola de Emily Para que elas pode-se ficar juntas a tarde toda.

 

Vanessa só voltou a sei quando o carro parou em frente a uma casa, que não se parecia nada com a da tia Margarit. Mas era muito familiar com a casa que viverá a dois  anos atrás. Assim que parou o carro Zac saiu e agiu como um cavalheiro abriu a porta para que Vanessa sai-se

—Você não vai me levar pra casa?. —indagou Vanessa com raiva

—não primeiro Vamos Fazer o desjejum.—Proferiu zac ainda andando.

— Eu não estou com fome quero ir pra Casa.

—Vamos Garota! Não comeu nada ontem a noite .— Falou Zac severo.— Acha que eu vou Acreditar em "não to com fome.— ironizou ele

Vanessa já sabia que tinha perdido a guerra, então começou acompanha-lo.

Ao entra na casa Vanessa sentiu um embrulho no estômago, estava tudo do mesmo modo que era antes.Vanessa parou de presta atenção quando uma Mulher uniformizada entrou sala

— Senhor todos estávamos preocupado,Margarit ligou três Vezes ontem.— Falou a Senhora

— Daqui a pouco eu ligo para ela, Lupita Essa daqui é a Vanessa, Você não chegou a conhecer ela não é?

—Não conhecia pessoalmente, ela é muito bonita, já vi varias fotos dela em suas coisa.

 

Zac ficou sem graça quando Lupita proferiu que ele ainda tinha guardado as foto dela

—Obrigado.Agradeceu Vanessa

—já Fiz seu Café da manhã, imaginei que o senhor iria comer aqui!

—Muito o brigado Lupi, Você é muito prestativa. Poderia me fazer um favor?—indagou Zac

—Claro senhor.

—Pode pedir para prepararem meu jato, hoje a tarde quero ir para Inglaterra.

 

Vanessa ficou apavorada o que Zac iria fazer na Inglaterra e se ele descobri-se sobre Emily. Ela seguiu Zac até a cozinha. onde lavaram a mãos e se colocaram a mesa. Vanessa não escondeu seu espanto e perguntou:

—O que você vai fazer na Inglaterra?

—Resolver problemas

Problemas pessoais, isso te incomoda? — provocou Zac.

—não . — Mentiu Vanessa Descaradamente

—Qual é o nome do seu Ex noivo. —Indagou zac

— "Ex noivo"? —repetiu Vanessa.

—me diz se eu já te machuquei alguma vez? —indagou Zac. —Nunca massacrei sua personalidade igual ele faz. —continuou Zac —Me diz se algum dia eu já te machuquei?

—não. respondeu Vanessa Baixinho.

—Me diz o nome dele. —insistiu Zac.

—Que diferença isso iria Fazer.

—Muita se você não me contar não importa Você sabe que eu sempre descubro.

—Alexandre. — Falou Vanessa se rendendo

—Ótimo. — proferiu Zac satisfeito. Logo eles começaram a comer


Quando os dois Terminaram zac Disse:

—Vem comigo

Zac se levantou e Vanessa foi atrás eles subiram as escadas. até Zac parar em Frente de uma porta, Vanessa sabia onde daria aquela porta ao antigo quarto deles se Zac não tivesse mudado a decoração. Mas para o espanto quando zac abriu a Porta. tudo estava como antes.

Zac abriu a porta do imenso Guarda roupa e mais uma vez viu espanto nos olhos de Vanessa.

—Você Guardou a minhas Roupas mas por que? —indagou ela .

—Todos estamos sujeito a um sentimentalismo —Proferiu Zac. — Escolhe  algum modelo, o banheiro Fica no mesmo lugar de antes

—Aqui Virou Dispensa. —Perguntou Vanessa com certo tipo de curiosidade.

—Ainda continua sendo meu quarto. — Expôs Zac Ríspido .Quarto que já foi nosso, Sempre tive esperança que Você voltaria.  Mas nunca pensei que seria  mudada deste jeito. com um noivo. mas se você acha que eu vou aceitar o divorcio está muito enganada. vista-se esperarei você lá embaixo. Zac saiu e fechou a porta.

Vanessa olhou suas roupas,imaginou se ainda servi-se , Mas ela teve curiosidade de abrir as outras partes do Guarda-Roupa. Ao abrir a parte do Zac, as roupas estava todas arrumas e tinha uma foto deles na porta do guarda-roupa lembrava daquela, foto eles estavam no parque estavam se beijando quando Ashley tirou a foto.

Vanessa fechou a porta rapidamente querendo esquecer os pensamentos do passado.

Voltou as suas "ex" coisas olhou os vestidos esplêndido de festa que ela tinha. mas pegou uma calça branca e uma blusa azul escura frente Unica. foi ao banheiro se vestir . quando desceu zac estava sentado a esperando.

—Está linda. — disse ele levantando

—obrigado.

—Vem eu vou te levar a casa de sua tia, sempre cumpro minha promessa.

Vanessa foi andando até ele logo os dois foram ao carro, Zac deu a partida  o carro saio. No longo caminho não trocaram nenhuma palavra. Ao chegar Eles avistaram Margarit regando as flores.

—Até quem fim vocês chegaram. — Falou Margarit se aproximando do Carro

—ela está bem pode confiar em mim, nunca machuquei ela. —Zac provocou Vanessa

— eu sei eu confio . —Margarit disse

Vanessa saiu do Carro sem falar com Zac

—Você quer comer alguma coisa Zac? indagou Margarit

— oh não já estou de Saída daqui a pouco vou fazer uma viagem

— Ótimo querido. Obrigado por Trazer Vanessa aqui

—Não foi nada — Respondeu Zac dando partida — Adeus Vanessa Adorei a noite de ontem —provocou Zac deixando Vanessa irritada. logo Zac saiu com Carro

—Não é nada disso que você esta pensando. Falou Vanessa

—Eu não pensei em nada. — Falou Margarit entre risos

***


Por hoje é Só :D


Obrigado pelos comentários:


Amanda: ops Eu tentei eu juro, mais toda vez que eu tentava escrever alguém me chamava,  Concordo ele tem que apanha. beijos espero que goste


Paty: Capitulo super romântico Zanessa, não vai demorar muito não e vai ser com tudo que eles tem direito :D Para eles matarem a saudades :D beijos


Titi: Sim ele tem, ele vai ( se alguém perguntar não te contei nada ok )não é só você que acha ele chato o Zac também acha


Kaarolzinha:  O zac também está com raiva Dele. obrigado beijos

publicado por MyaH às 13:55
link do post | comentar | ver comentários (2) | | | favorito

Quarta-feira, 4 de Agosto de 2010

Aviso:

 

Só queria muito pedir Desculpa, Pois fiquei um mês sem postar e não dei noticias, pois estava na casa da minha mãe, de ferias e não tive nenhuma acesso ao blog perdão, eu juro que isso não ira mais se repetir.

 

Havia pouco  ar no carro e muita paixão. Subitamente  o frio que se encontrava no carro, havia desaparecido. O calor inundava aquele lugar. Vanessa estava deixando levar a  sua carência, esquecendo todos os problemas por minutos. Até que durante o beijo ela se  lembrará, do dia que havia recebido uma Mensagem de Zac querendo  ver no seu escritório. Ela estava confiante para contar sobre sua gravidez até que uma das secretaria, começou a conversar com ela deixando o tempo passar  até que o telefone deu um toque ela a secretaria disse:
—Vamos até a sala do Zac!

!Disse a secretaria se apresando e Vanessa Achou estranho por ela não ter atendido o telefone
—Você não vai atender. — Disse Vanessa apontando para o telefone.
—não, não você ver o Zac é mais importante né, seja quem for pode esperar
Secretaria deu um sorriso e logo  a secretaria deu duas batidas na porta , não esperou resposta e já foi entrando com Vanessa até a sala. O brilhos dos olhos de Vanessa se transformou em lágrimas. Zac  empurrou a mulher ruiva que estava em sua frente, mas era tarde de mais Vanessa ja tinha visto.
—não é isso que você está pensando!
Zac disse quando chegava perto de Vanessa.
—não é... eu vi tudo.
Vanessa saiu correndo da sala dele e ele correndo atrás...

 

***

 

Vanessa Conseguiu com toda a sua força separar aquele beijo. com os olhos cheios de lágrimas pois não tinha resistido a tentação. e por ter lembrado de tudo que Zac fez. Parecia que nunca conseguiria esquece-lo. Zac não disse nada após o rompimento do beijo. Não conseguia saber por que Vanessa chorava.
—Oh minha Gatinha selvagem. —Sussurrou zac tentando se aproximar de Vanessa.
—me deixe em paz! — Vanessa disse ríspida
—Por que seu corpo nunca concorda com suas palavras! provocou Zac limpando as lágrimas de Vanessa
—Não me atormente, Zac.
—Ok.  vou ficar aqui em silêncio!
Aquele Silencio era um tormento para ambos, Zac não conseguirá manter a sua palavra e logo depois de 15 minutos proferiu:
—por que não usa o lindo rubi que eu te dei!
Observou Zac que a aliança de outro homem estava  onde a sua já ocupara um dia .
—já não considero uma coisa de Valor
Você nem tocou no dinheiro que eu te deixava todo mês no banco, ao invés disso preferiu trabalhar por que em Vanessa?
Vanessa se apavorou como ele sabia que ela trabalhava, o que mais ele sabia?
—Como você sabe que eu trabalho?
—Tenho sócios na inglaterra que me deixa informado!
Vanessa estremeceu se ele já soubesse de Emily. "oh se ele já soubesse de Emily sem duvida já havia tirado ela de mim" Vanessa pensou mesmo assim ficou com medo


—O que mais Você sabe?
—Nada.. — por que tem algo a me esconder?.
Perguntou zac
—não. —Disse Vanessa pálida.

— Só agora fiquei sabendo que você esta noiva, mais Você a ainda é minha mulher e eu não vou desistir assim
—Eu já fui sua mulher passado, meu advogado mandou os papeis do divorcio somos separados
—Me recordo destes papeis todos escritos em inglês e dizia que eu também estava interessado no divorcio bom eu Queimei todos!
—Ora seu...
Vanessa por impulso sentou no colo do zac e cobeçou a dar tapas em Zac. Os tapas de Vanessa nem chegava a doer e Zac se divertia com a cena até, que ele apertou mais o seus corpos. Apoderou se da boca dela com um clima de desejo
—Vanessa. —Dizia Zac enquanto beijava o seu pescoço. —como você mudou, seu corpo seu cabelo, está tão madura Tão mulher.
Zac apertou mais seus corpos, deixando Vanessa Vulnerável, Vanessa não conseguiria ser forte como ela pensava.
—por que em?
Zac a acariciando um dos ombros de Vanessa até soltar um gemido de dor, no mesmo instante Zac afastou o cabelo dela pra ver o que acontecia em seu ombro, e uma marca avermelhada estava em sua pele
— que aconteceu aqui Vanessa?

 

Vanessa sabia muito bem que tinha acontecido ali, mas quis apelar por uma mentira:

—não sei devo ter batido em algum lugar.

Zac deu um riso sarcasmo, aquela mentira de fato não o convenceu.
—Vanessa , você acha que eu nasci ontem? Diga-me quem a machucou assim
Vanessa sentiu um enorme cala frio, Zac queria muito saber o que lhe acontecerá . Vanessa não podia contar que seu noivo teve um ataque de fúria. Por causa de sua Filha Emily. E a briga começou por causa desta maldita viagem de Vanessa para espanha, Alexandre seu noivo queria que ela levasse Emily com ela para que pudesse conhecer o pai dela. As lembranças do dia da briga vieram na cabeça dela, ela só pode  ficar parada lembrando das cenas
—Se você for leve a menina contigo!

Aquele dia  seu noivo  dissera furioso para Vanessa

—oh, não, se levar ela comigo, Zac vai saber que tenho uma filha dele e  vai toma-la de mim
As imagens vieram nitidamente na sua mente quando alexandre se pois em sua direção
—Vai ser melhor pra menina, ele não é milionário? Ele poderá pagar o tratamento dela, será uma menina feita você nao terá que se preocupar
—Não.—Gritou Vanessa.— não  tó nem ai que ele seja milionário, Não levará minha filha. Afinal você nunca gostou dela não é mesmo, Como posso me casar com você  se você nem aceita Emily, ela é o meu bem precioso
—"Precioso" Repetiu o noivo comum tipo de sarcasmo .  — Esse amor por essa menina é porque você não esqueceu o amor pelo o pai dela não é, mais quando você for pra cama comigo mudará de idéia
Disse alexandre pressionando forte no ombro de Vanessa
—Chega. —Gritou  Vanessa. —  não sei como aceitei casar-se com você
—Bem vejo que suas  malas já estão prontas. Bem ainda acho melhor você levar a menina. Mas faz o que achar melhor!
—Eu já vou, sim para Espanha, só estou esperando o taxí vou passar na casa da minha mãe, para se despedir dela e de Emily....
— Quando você voltar estará do mesmo modo, casaremos

 

***

 

Vanessa Tentou ao Maximo tirar aquelas lembranças de sua mente  mais não consegui, ela já estava sendo embalada pelo peitoral musculoso do zac. Vanessa estava aos prantos e Zac, sussurrou, palavras no de conforto em espanhol. assim Vanessa Dormiu embalada nos braços forte daquele. e Zac também dormiu pois estava exausto.

 

Obrigado pelos comentarios:

 

Cristy: Vanessa sempre é sortuda.. hahaha. não veio cenas hots (para mais de 18 anos como você disse) mais  vou conciderar seu pedido e vou colocar uma logo logo ahaha beijos


titi: que Bom que você gostou!! beijos


Amanda: Obrigado eu gosto do zac Rude, mais logo ele  fica  carinhoso, é o simples fato que nenhum homem gosta de ser abandonado pela  pessoa amada.

 

Eu nao respondo perguntas pessoais.... hahaha... brinacadeira... respondo sim... olha na verdade nao tenho dia certo pra posta mais vou tentar atualizar de 3 em três dias.. tenho tempo para todos os outros blogs beijos OBS:A demora era mesmo nao saber organizar meu tempo agora eu voltei no ritmo (eu acho sposkspok)

 

Line: obrigado amiga, eu ja disse hoje que você tem o dom beijos

 

Maryana: Obrigado amor adoro Você beijo


Zanessa..: Divulgadinho. Obrigado beijos

publicado por MyaH às 00:26
link do post | comentar | ver comentários (5) | | | favorito

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
28

29
30
31


subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro